Algumas das perguntas que todo casal deve se fazer antes de se casar


-1
3 compartilhamentos, -1 ponto

Você já se perguntou se realmente está preparado para dar um passo mais sério em seu relacionamento? É comum que, por timidez, pressão da outra pessoa ou mesmo por um bom tempo de vivência juntos, passamos a achar normal dar o próximo passo e finalmente juntar as escovas de dentes. Porém, de acordo com vários especialistas, antes de tomar qualquer atitude que pode não só comprometer sua felicidade futura como te oferecer um grande ônus financeiro, é necessário responder algumas perguntas complicadas e capazes de mostrar se este relacionamento tem realmente base para um casamento estável ou se está prestes a ser um grande fracasso. Pois, logo depois que ambos confirmarem que a união está pronta para dar um passo mais sério, passos como o comprometimento financeiro, futuro planejado juntos, filhos, viagens, objetivos profissionais chegarão como itens naturais em sua vida a dois. Então, confira quais são as perguntas que todo casal deve se fazer antes de realmente se casar:

Você está disposto a orar por seu par?
Quando mais você amar a Deus, com certeza conseguirá amar o próximo, porque Ele nos ensina como é o amor verdadeiro, a entrega, a generosidade, a humildade, a paciência. Sendo assim, para crescer na entrega com a pessoa amada, primeiramente é preciso crescer na entrega a Deus.

Você seria capaz de ficar ao lado da pessoa amada até mesmo nos momentos difíceis?
A união entre duas pessoas não é uma eterna lua de mel, e os “momentos complicados” não se referem apenas à morte ou às doenças. Dias de mau humor, brigas, cansaço físico também está presente em um casamento. Você está disposto (a) a enfrentar tais coisas ao lado da pessoa amada, sempre revelando muito carinho, amor, compreensão, doação e amabilidade?

Está disposto a pedir perdão?
Desde o namoro, é possível praticar a capacidade de pedir o perdão, assim também como perdoar. Estas duas atitudes são capazes de salvar um casamento, assim como a sua falta pode fazer com que a relação chegue à ruína. O aconselhável é que o casal nunca durma sem pedir ou dar seu perdão, sempre que for necessário.

Por que você ama o seu par?
É possível dar uma boa definição para o amor quando avaliamos a capacidade de fazer algo pelo outro, como se doar totalmente. Isso vai muito além do sentimento. É isso que você vive? E é por isso que você ama a pessoa que está ao seu lado? Essa pergunta é algo que vale a pena ser muito refletida!

É preciso se casar?
Muitas pessoas afirmam que o casamento é “só um papel”, um ato social. Porém é preciso que você avalie o que ele realmente significa para você. É essencial conversar sobre isso com seu par, questionando se ambos acreditam que o matrimônio é uma vocação, um caminho de santificação e sacramento.

Que tipo de mãe/pai você quer ser?
Conversar sobre isso durante o namoro é algo muito importante, pois questionar sobre os valores que ambos desejam ensinar, os princípios que eles seguirão e que lugar os filhos ocuparão em suas vidas são coisas essenciais. É necessário planejar, conversar, concretizar, pois a paternidade faz parte do pacote do casamento.

Você está disposto (a) a sustentá-lo (a) quando for preciso?
Há diversas formas de entender tal pergunta. Emocionalmente, você será capaz de ter paciência para aguentar a pessoa quando ela mesma não se suportar, seja pelo motivo que for? Estará ao lado dela, sem pedir nada em troca? Financeiramente, se o seu amor ficar sem trabalho, doente ou os planos do casal não derem certo, você está disposto a sustentá-lo? Pense nisso antes de tomar uma decisão mais séria!


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

-1
3 compartilhamentos, -1 ponto